História do Modelismo – Tamiya, o ínicio

A empresa foi fundada em 1946 como Tamiya Shoji & Co. (Companhia Tamiya) por Yoshio Tamiya (ja) (15/05/1905 – 02/11/1988) em Oshika, Shizuoka City. Era uma empresa de fornecimento de serraria e madeira.
Com a alta disponibilidade de madeira, a divisão de produtos de madeira da Mokuzaigyou Company (fundada em 1947) também produziu modelos de madeira de navios e aviões, que mais tarde se tornaram a fundação da empresa. Em 1953, eles decidiram parar a venda de madeira arquitectónica e se concentraram apenas na fabricação de modelos.
Em meados da década de 1950, os modelos de plástico de fabricação estrangeira estavam a começar a ser importados e as vendas de modelos de madeira a diminuir. Assim, em 1959 é decidido fabricar modelos de plástico. O primeiro modelo, o Yamato.

No entanto, os antecessores da Tamiya venderam modelos Yamato a 350 ienes. Ao competir, Tamiya estava em risco de se afundar á nascença se definisses os seus preços da mesma forma. No entanto, eles não podiam recuperar o custo de produção de moldes de metal, então, mais uma vez, eles mudaram seus produtos para modelos de madeira, mas naquela época a maré do modelo estava se voltando para modelos de plástico.
Usando moldes de metal que não são mais necessários para brinquedos de plástico, eles lançaram um mini-kit de carros de corrida, destinado a financiar a produção de seu próximo modelo de plástico. Para sua sorte, tornou-se um sucesso.
Eles decidiram que o segundo modelo de plástico seria o tanque Panther, que tinha uma forma linear que tornaria os moldes simples de produzir. Eles encomendaram Shigeru Komatsuzaki (ja) para fazer o box art. O Panther era motorizado, movia-se bem e tinha um manual de instruções claro que facilitava a montagem. Por causa disso, ganhou uma boa reputação. O modelo seria fabricado na escala 1:35, que mais tarde para se viria a tornar, como todos sabemos, uma das senão a escala por excelência e padrão para viaturas militares. E por curiosidade, a razão desta escala neste modelo? Porque foi decidido que o tanque usaria uma única bateria do tipo 2, mas teria capacidade para duas delas.

(Shunsaku Tamiya em 2010 nas comemorações dos 50 anos do primeiro modelo em plástico da Tamiya)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *